Empresário Fernando Luft enaltece caminhoneiros no Dia Nacional do Transportador Rodoviário de Carga

No próximo dia 17 é comemorado o "Dia Nacional do Transportador Rodoviário de Carga", homenagem a essa categoria tão fundamental para a economia do país. Fernando Luft, sócio-fundador da Luft Logistics, uma das maiores operadoras logísticas do Brasil e da América Latina, aproveita a data para enaltecer os profissionais do setor. 
"Sabemos dos desafios que a categoria enfrenta dia e noite em sua jornada de trabalho. Ela é uma das molas propulsoras do desenvolvimento econômico e social do país, afinal, o modal rodoviário corresponde a 60% da matriz do transporte de cargas no Brasil", salienta o empresário, referindo-se a uma pesquisa recente da Confederação Nacional do Transporte (CNT). 
Apesar da importância do setor, os investimentos públicos para tornar a rotina do transportador rodoviário mais adequada são poucos. A categoria ainda sofre com a violência no roubo de cargas, precárias condições das estradas e alta carga tributária, entre outros problemas. 
Pesquisa 
No início do ano a CNT divulgou um importante estudo sobre o perfil do caminhoneiro brasileiro. Segundo o estudo, a categoria é formada por profissionais que têm, em média, 18 anos de profissão e mais de 44 anos de idade. A maioria (88,4%) tem conhecimento sobre a Lei do Caminhoneiro, mas 34,7% não estão satisfeitos e não cumprem o tempo de descanso. Os caminhoneiros reclamam também das más condições de infraestrutura de apoio das rodovias. Os caminhoneiros rodam cerca de 10 mil km por mês e trabalham aproximadamente 11,3 horas por dia. 
A data comemorativa do Dia Nacional do Transportador Rodoviário de Carga é também propícia para discutir informações relevantes sobre saúde e segurança. "Precisamos sempre reforçar e aprimorar as campanhas de combate ao uso de drogas, direção segura, redução de acidentes e treinamento profissional", finaliza Fernando Luft. 
FONTE: Divulgação 

 Receba por Email

Compartilhe no Google Plus
    Blogger Comment
    Facebook Comment

0 comentários:

Postar um comentário