Chassi 170S28 entra para a frota de Passo Fundo (RS)

A durabilidade e a potência do chassi 170S28 foram fatores decisivos para a Companhia de Desenvolvimento de Passo Fundo (CODEPAS), responsável pelo transporte público na cidade gaúcha, adquirir 10 unidades do modelo. Os veículos da IVECO BUS, marca da CNH Industrial, foram lançados em 2014 e já fazem parte de frotas no Brasil e na América Latina.
O lote foi entregue em cerimônia com a presença de autoridades locais e representantes da montadora. Humberto Spinetti, diretor de Negócios da IVECO BUS para a América Latina, destaca que a negociação coloca a marca em destaque no forte mercado do Rio Grande do Sul. "Nossos veículos já rodam em empresas de transporte do estado e, agora, ampliamos o leque com a entrega dos chassis para a prefeitura de Passo Fundo." A negociação teve o apoio da concessionária IVECO Carboni.
Projetado e fabricado no Complexo Industrial da IVECO, em Sete Lagoas (MG), o modelo de 17 toneladas está apto a atender demandas de aplicações para transporte urbano e intermunicipal. "O chassi 170S28 e os outros modelos do portfólio da IVECO BUS se destacam pela versatilidade e pelo baixo custo de operação, com a qualidade técnica que o mercado exige", afirma Spinetti.
A força do modelo da IVECO BUS deve-se ao motor N67, da FPT Industrial, com seis cilindros em linha. O propulsor de 6,7 litros, com sistema SCR, atende as normas do Proconve-P7 e é capaz de gerar potência máxima de 280 cv, a maior do segmento. O torque chega a 950 Nm, já disponíveis na faixa de 1.250 rpm a 1.950 rpm. A curva plana de torque e a grande disponibilidade de força em baixas rotações garante, de uma só vez, mais economia de combustível e mais conforto para o motorista, evitando constantes trocas de marchas.
Desenvolver um veículo de transporte de passageiros envolve tecnologia avançada para oferecer conforto e bem-estar a bordo. O chassi 170S28 foi projetado também com esse foco. A transmissão utilizada é ZF, manual, de seis marchas, com escalonamento compatível com as operações urbanas e rodoviárias. O sistema permite uma condução mais suave e melhor desempenho operacional, sem deixar de lado a economia de combustível.
FONTE: Iveco 
Compartilhe no Google Plus
    Blogger Comment
    Facebook Comment

0 comentários:

Postar um comentário