Golpe do ''falso frete'' aumenta; caminhoneiros de MT são vítimas

Uma ocorrência foi atendida por policiais militares do Batalhão de Choque do Mato Grosso do Sul. A vítima que é de Rondonópolis (214 km de Cuiabá), contou que combinou um “serviço” por meio do celular.
O caminhoneiro, de 62 anos, foi sequestrado e teve seu caminhão roubado por dois homens armados após cair no golpe do “falso frete”. O crime aconteceu na noite de quarta-feira (23), por volta das 20h, em frente ao Mercado Atacadão, na saída para Cuiabá, em Campo Grande(MS).
O combinado era encontrar o contratante em frente ao mercado, pegar um frete, que não foi informado e levá-lo para Rondonópolis.
Segundo informações do CampoGrandeNews, o caminhoneiro foi surpreendido por dois homens armados. Os bandidos o levaram até uma casa, localizada na rua Otacílio Machado, no Jardim Nhanhá.
Suas mãos e pés foram amarrados e ele foi amordaçado por um dos bandidos enquanto o outro saiu com seu caminhão. Posteriormente ele foi abandonado pelo assaltante na casa.
Já por volta das 2h, desta quinta-feira (24), a Polícia Militar recebeu denúncia anônima, do paradeiro do caminhoneiro e que ele foi vítima do golpe do “falso frete”.
A vítima foi resgatada pelos policiais, que fizeram buscas na região, mas não encontraram os assaltantes ou o veículo da vítima.
O caminhoneiro foi levado até a Depac (Delegacia de Pronto Atendimento Comunitário) onde a ocorrência foi registrada como roubo.

Cuiabano refém por 9 horas
Outro golpe foi dado também no ínicio do mês com as mesmas características, três integrantes de uma quadrilha especializada em roubo de cargas, além de uma adolescente de 15 anos, foram detidos em flagrante pela Polícia Militar entre no dia 11 de agosto.
O caminhoneiro de 36 anos, de Cuiabá, ficou mantido refém pelo bando por cerca de nove horas, no bairro Ramez Tebet (zona sul de Campo Grande).
FONTE: 24 Horas News 
Compartilhe no Google Plus
    Blogger Comment
    Facebook Comment

0 comentários:

Postar um comentário