Caminhoneiros retomam bloqueios em Mato Grosso neste sábado

Depois da liberação realizada ontem, os manifestantes voltaram a fechar a BR-163 em Nova Mutum, hoje, às 7h29. Os transportadores informaram que devem liberar a pista às 11h e voltam a fechar às 13h. Em Lucas do Rio Verde, o bloqueio foi retomado às 7h47.
Não foi informado períodos de liberação. Já em Sorriso, os manifestantes trancaram a rodovia desde ontem, às 7h37. Eles permaneceram na rodovia durante o dia e à noite. No entanto, hoje, por volta das 8h42, decidiram liberar o tráfego até o término da fila de caminhões e carretas formada na região.
De acordo com informações da assessoria de imprensa da Rota do Oeste, ontem, às 19h21, um grupo de caminhoneiros fechou a BR-163 no km 750, também em Sorriso, em protesto ao bloqueio realizado no km 747. Eles pediram a presença da Polícia Rodoviária Federal no local para desbloqueio da pista que estava fechada desde a manhã. Neste segundo ponto (km 750), o desbloqueio ocorreu por volta de 1h.
É bloqueada a passagem de caminhões e carretas com cargas. Porém, passam estes veículos transportando carga viva e perecíveis. Os demais veículos também passam normalmente.
Os manifestantes cobram a revogação total do decreto do governo federal que autorizou o aumento de impostos sobre os combustíveis e encareceu, em média, em R$ 0,46 o litro de diesel, R$ 0,41 o litro da gasolina, R$ 0,20 o etanol, na última quinta-feira (20). Também querem aprovação do projeto de lei 528/2015, que estabelece preço mínimo para o transporte de cargas e fretes e fim do corte de verbas destinas para a Polícia Rodoviária Federal.
As interdições começaram na segunda-feira na BR-158, em Vila Rica, e BR-070, em Barra do Garças e na BR-162, em Sorriso, e na parte da tarde em Sinop. O bloqueio tem causado atrasos na chegada de centenas de cargas (alimentos, combustível, roupas, calçados, materiais para construção e muitos outros) em diversas cidades mato-grossenses e, consequentemente, até as empresas.
FONTE: Só Notícias 
Compartilhe no Google Plus
    Blogger Comment
    Facebook Comment

0 comentários:

Postar um comentário