PRF flagra caminhão com 17 toneladas de excesso de carga na BR-101

A Polícia Rodoviária Federal (PRF) reteve 16 caminhões que estavam trafegando na BR 101 com excesso de peso. Os veículos foram abordados entre a tarde e a noite de ontem no município de Mamanguape, Zona da Mata Norte da Paraíba. Dois deles foram flagrados com mais de 15 toneladas cada um.
A fiscalização da PRF teve como objetivo principal identificar caminhões transportando carga além de sua capacidade. Ao todo, os policiais abordaram 36 auto cargas ao longo da operação, que durou toda a tarde e noite da segunda-feira. Ao final, 16 caminhões estavam levando muito mais peso do que poderiam. O campeão em irregularidade, um caminhão Scania, estava carregando 16.920 quilos em excesso. Entre os materiais transportados por este veículos, estavam: argila, coco verde, feijão, cimento e materiais de construção.
RISCO INVISÍVEL 
Os perigos de transitar com um caminhão com excesso de peso não são vistos pela maioria das pessoas que viajam lado a lado deles. Todo sistema de freio de um veículo é projetado para parar o mesmo baseado no seu peso máximo. Quando um caminhão leva uma carga com 17 toneladas além do seu limite, como foi o caso de um dos autuados pela PRF, é o mesmo que levar 17 veículos do tipo VW Gol encima de sua carroceria. Assim sendo, os freios do caminhão não conseguirão parar o mesmo em uma situação de emergência. E aí, é acidente grave na certa. Caminhões com excesso de peso tornam-se lentos nas vias, principalmente nas subidas, e acabam causando congestionamentos. Há ainda outros prejuízos. O excesso de peso provoca também a deterioração precoce dos pavimentos das ruas e rodovias. Já percebeu que os buracos nas estradas aparecem primeiramente no lado direito da via, onde trafegam os caminhões?
Todos os veículos autuados com excesso de peso só puderam prosseguir as viagem após realizarem o transbordo da carga excedente, que consiste em retirar e transferir para outro caminhão a parte que havia extrapolado o limite.
FONTE: PRF 
Compartilhe no Google Plus
    Blogger Comment
    Facebook Comment

1 comentários:

  1. .
    Além de detonar as estradas e depois reclamar que são ruins ele não tem pena nem do caminhão.

    ResponderExcluir