Librelato realiza grande venda de implementos para transportadora catarinense

Neste início de junho, a Librelato S.A. Implementos Rodoviários realizou a venda de 90 implementos rodoviários para a transportadora catarinense Fontanella Transportes. Os implementos vendidos, incluindo carreta com eixos distanciados, rodotrens graneleiros e rodosiders, devem percorrer todo o Brasil transportando revestimentos cerâmicos, louças sanitárias e papel.
A parceria entre as empresas é de longa data, estreitada pela proximidade física – ambas estão localizadas em Santa Catarina. “Para crescer, é essencial estabelecer parcerias sólidas com empresas que entendem seu negócio e estão dispostas a oferecer soluções, e não simplesmente produtos. Já somos parceiros da Librelato desde 2003 e escolhemos a empresa justamente pelo compromisso com a qualidade dos produtos e pelo atendimento especial que sempre recebemos, sem contar as facilidades para comprar e também no momento da manutenção”, ressalta Ramiris Fontanella, sócio-diretor da transportadora catarinense.
O empresário conta que mesmo com esse cenário complicado que estamos vivendo a demanda está aumentando. “Por causa da crise muitas transportadoras acabaram fechando as portas, infelizmente. Mas elas deixaram uma lacuna no mercado, o que fez com que nossa demanda aumentasse. Então investimos na renovação e ampliação da frota, agora com 530 veículos, para continuarmos entregando um serviço com qualidade para nossos clientes. Estamos bastante otimistas para esse segundo semestre”, avalia.
José Carlos Sprícigo, CEO da Librelato, ressalta a importância desta parceria. “Mesmo em um momento difícil da economia brasileira, a Fontanella está investindo, crescendo. Para a Librelato fazer parte deste crescimento é um grande orgulho”, diz. “Nós acreditamos que o trabalho não termina após a venda, pelo contrário. Acreditamos na parceria, na necessidade de atender o cliente de acordo com sua realidade e com seus objetivos a curto e também a longo prazo. Por isso temos parcerias duradouras como esta”, completa.
FONTE: Librelato 
Compartilhe no Google Plus
    Blogger Comment
    Facebook Comment

0 comentários:

Postar um comentário