Caminhoneiros protestam contra a insegurança no Rio de Janeiro

Na manhã dessa terça-feira (27) caminhoneiros autônomos e empresários do transporte rodoviário de cargas realizaram um protesto pelas principais avenidas do Rio de Janeiro, contra a insegurança e o crescente roubo de cargas na cidade e no estado. 
Cerca de 100 caminhões participam da manifestação. Os veículos foram cobertos com faixas trazendo frases direcionadas aos Governos Estadual e Federal. "Socorro! O Rio de Janeiro está abandonado por todas as instituições de segurança que nos representam", dizia uma das faixas. Outra questionava: "Até quando vamos ficar nas mãos dos bandidos?"
Segundo os participantes e organizadores, o protesto tem como objetivo chamar a atenção das autoridades para o crescente número de roubo de cargas e prejuízos trazidos por esse crime. Segundo um levantamento feito pela Firjan (Federação das Indústrias do Rio de Janeiro), somente em 2016 foram registradas 9.862 ocorrências de roubo de cargas no estado, número que corresponde a 43,7% das ocorrências nacionais, acarretando um custo superior a R$ 619 milhões.
Em 2017 a previsão é ainda pior segundo as principais entidades do setor. De janeiro a abril deste ano, foram registrados 2.957 ocorrências de roubo de cargas no Estado, segundo dados do ISP (Instituto de Segurança Pública).
A situação vivenciada no Rio de Janeiro é considerada atualmente como insustentável pelos transportadores, que inclusive avaliam a possibilidade de paralisar o abastecimento da cidade. Destaca-se o crescente número de pedidos de demissão de motoristas, o aumento no valor do seguro e a extrema violência praticada durante o crime. No final das contas, o consumidor também é prejudicado.
Até o momento os governos estadual e federal e as entidades de segurança pública do Rio de Janeiro não se pronunciaram sobre a manifestação dessa manhã e as reivindicações dos transportadores.

TEXTO: Lucas Duarte
Compartilhe no Google Plus
    Blogger Comment
    Facebook Comment

0 comentários:

Postar um comentário