Contran regulamenta alterações na iluminação de veículos

O Conselho Nacional de Trânsito (CONTRAN) publicou nessa segunda-feira (22) no Diário Oficial da União (DOU) a Resolução nº 667, que estabelece um série de  características e especificações técnicas para os sistemas de sinalização e iluminação de  automóveis, camionetas, utilitários, caminhonetes, caminhões, caminhões tratores, ônibus, micro-ônibus, reboques e semirreboques, novos saídos de fábrica, nacionais ou importados.
Dentre as mudanças promovidas pela nova Resolução, destaca-se, o limite de instalação e funcionamento simultâneo de no máximo 8 (oito) faróis, independentemente de suas finalidades. Fica proibido ainda a colocação de adesivos, pinturas, películas ou qualquer outro material que não seja original do fabricante nos dispositivos dos sistemas de iluminação ou sinalização de veículos, como por exemplo, máscara negra, verniz vitral e insulfilm nas lentes. 
A Resolução nº 667 proíbe ainda a substituição de lâmpadas dos sistemas de iluminação ou sinalização de veículos por outras de potência ou tecnologia que não seja original do fabricante, ou seja, a substituição de lâmpadas halógenas por lâmpadas de LED não será permitida. 
O texto da Resolução determina ainda que a identificação, localização e forma correta de utilização dos dispositivos luminosos deverão constar no manual dos veículos novos. 
Segundo o Artigo 11, a Resolução nº 667 revogará a partir de 1º de janeiro de 2023 as resoluções as Resoluções CONTRAN nº 227, de 9 de fevereiro de 2007, nº 294, de 17 de outubro de 2008, nº 383, de 2 de junho de 2011, e nº 436, de 20 de fevereiro de 2013, e o Anexo B da Resolução CONTRAN nº 561, de 15 de outubro de 2015.
A Resolução nº 667 está em vigor desde a data de publicação, porém segundo o Artigo 12 os efeitos da mesma entrarão em vigor somente a partir de 1º de janeiro de 2021.

Confira na íntegra a Resolução nº 667: CLIQUE AQUI

TEXTO: Lucas Duarte
Blog Caminhões e Carretas 
Compartilhe no Google Plus
    Blogger Comment
    Facebook Comment

39 comentários:

  1. Mais uma vez vejo mudança na legislação questionável. A Philips, vi matéria num site, lançou linha de lâmpadas inclusive para o segmento de caminhões tendo a tecnologia LED.
    São lâmpadas construídas para ter mais durabilidade, melhor iluminação, menor consumo de energia, e, claro, para serem vendidas precisam ser homologadas. Se são homologadas, sabe-se que elas podem substituir sem prejuízo a segurança lâmpadas comuns de fábrica.

    Não se trata de um sistema mais sofisticado de LEDs, como no passado proibiram e neste caso acho correto,o xenon que não seja de fábrica, pois precisam trabalhar em conjunto com os projetores, interferem mais na elétrica do veículo e exigem controle de facho de fábrica.

    Mais uma vez ao invés de ajudar a nova lei irá atrapalhar como legislação anterior dizia que não poderia ter bulbo pintado, mas as lâmpadas mais eficientes de fabricantes conhecidos e obtiveram homologação para venda comprovando não ter problemas de segurança tinham tal técnica.

    Aí, quando alguém coloca lâmpadas halógenas de marcas duvidosas que tem potência acima do permitido para terem alto brilho, vão achar ruim. Por uma tecnologia mais moderna feita para substituir modelos antigos quando a construção for nessa forma sem prejuízo para outros, não aceitam. Contudo, também não fiscalizam como deveriam os que transitam com faróis desajustados e com lâmpadas mais potentes.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Excelente comentário!

      Excluir
    2. Gostei da tua resposta... meu irmão também me deu a mesma resposta técnica. A
      Também puder quem sabe...sabe não é

      Excluir
    3. Não ganharam propina por isso não foi aprovada as novas lampadas. O povo brasileira é igual caximbo só leva fumo.pqp

      Excluir
  2. Mais uma palhaçada pra aplicar multa e fuder o brasileiro ...
    PAÍS MAIS LIXO DO MUNDO VERGONHA DE SER BRASILEIRO

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. VA PRA COREIA DO NORTE

      Excluir
    2. A não ferra vai... O país nosso está uma porcaria, esse contran inventa coisa todo mês, vai voltar extintor, kit médico, farol baixo.... Depois tira tudo, só tem palhaço msm

      Excluir
  3. Coloca-se uns técnicos de merda para fazer leis incoerentes e um bando de indicados políticos incompetentes para aprovar. Isso é Brasil!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Aposto que nem ouviram tecnicos e sim "especialistas" q não são especialistas em nada, eles querem que volte a colocar velas dentro dos faróis

      Excluir
    2. Vai pra Venezuela.

      Excluir
  4. Como sempre a indústria da multa Armando uma nova pra cima de quem trabalha pra arrancar dinheiro do povo até quando ???

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Verdade pois a lâmpada normal não estão suportando esse tempo todo ligada e queima rápido dai ele te multa pois seu farol estará apagado e a de led não ela não queima fácil como irão multa, são todos um bando de vagabundos pilantras e so pra ferrar com as pessoas trabalhadoras desse pais.

      Excluir
  5. ao invés d se preocuparem com os políticos corrupitos bandido e outras coisas q eu não vou citar ficam inventando leis absurdas para tirar o dinheiro do povo trabalhador Brasil um pais lixo d leis absurdas odeio dizer q o Brasil e o meu pais

    ResponderExcluir
  6. É MEU caminhão que é baú é traseira e toda de Leds na cor Vermelha que é mais segurança; imagino com chuva e com serração uma lisinha fraca e bem mais difícil de enxergar. É pra Caba.

    ResponderExcluir
  7. Brasil, Desordem e regresso.

    ResponderExcluir
  8. O Brasil como sempre anda na contra mão da tecnologia, pôs as lâmpadas como as de LED, tem uma tecnologia superior em todos os aspectos da aquelas halógenas super ultrapassadas.

    ResponderExcluir
  9. somente sera implementada em 2021, ou se os homi não ir com a cara do boy vai da uma canetada?

    ResponderExcluir
  10. Meu carro e minha moto tudo tem xebon e led e super branca e vou continuar usando se foda ... na moto na baixa é xenon e na alta amarela ... ver a policia só mudar ... no carro nos milha é xenon e em cima tudo super branca ... na ré e na placa sao led .. e vai continuar tudo assim se foda essa porra de lei no pais de bosta ...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ow seu mocoronga vc leu a reportagem...e não viúva é pra caminhões e não pra carro..
      Para de ser dodoizinho e vai procurar o que fazer...

      Excluir
    2. Vale para carros tb... mas xenon não pode faz muito tempo

      Excluir
  11. Esse CONTRAN e um atraso para a sociedade brasileira.

    ResponderExcluir
  12. Pessoal me tirem uma dúvida essa lei já esta valendo para os carros q tem super led

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. A Resolução nº 667 proíbe ainda a substituição de lâmpadas dos sistemas de iluminação ou sinalização de veículos por outras de potência ou tecnologia que não seja origina...

      Você leu a matéria?

      Excluir
    2. Art. 12. Esta Resolução entra em vigor na data de sua publicação,
      produzindo seus efeitos em 1º de janeiro de 2021, sendo
      facultado antecipar sua adoção total ou parcial, ficando convalidadas,
      até a data de sua publicação, as características dos veículos fabricados
      de acordo com a Resolução CONTRAN nº 227, de 9 de fevereiro de
      2007, e suas alterações.

      Excluir
    3. Estou na duvida, a resolução esta em vigencia porem só vai produzir efeitos em 1º de janeiro de 2021. Caso eu seja parado em uma blitz ou por alguma viatura o agente pode me multar por estar usando leds nos farois?

      Excluir
    4. Também me pergunto da mesma forma, meu carro só tem leds normal e farol alto/baixo e milhas estão original queria saber se um dia for parado em uma blitz posso ser multado?

      Excluir
  13. Esses orgãos que regulamentam isso no Brasil, são lixo, bando de incompetentes, ignorantes e corruptos, atendem o interesse de grandes empresas para lucrarem com propina, isso é fato. Nao há estudos técnicos, testes, padrões, atualizações, nada...É so lembrar do caso do Kit de primeiros socorros, extintor, farol ligado durante o dia, uso de DLR...nao tem credibilidade, tudo igual CONTRAN, DETRAN, ANAEL, ANATEL, tudo fabrica de propina....

    ResponderExcluir
  14. E vergonhoso ver o brasil retroceder de novo por causa desse tal contran deveria ser investigado isso ai vir acho que e uma lei para beneficiar alguém ou alguma fabrica viu os caminhões estevão pegando fogo por andar com farol ligado ai sim mais uma duvida muitos pegaram fogo parados em trânsito i ai quem paga a conta ne sempre o proprietário que paga um rio de impostos pra nada ai vem uma lei que muda tudo so pra render autuaçao

    ResponderExcluir
  15. Olá, tenho uma duvida quanto a isso. Estou usando lampadas de LED nos farois do meu carro e ele esta legalizado com essas lampadas, constando no documento "Legalizado iluminação branca". Nesse caso eu vou perder isso? Terei que voltar a usar as lampadas amarelas? Ou como esta legalizado nao vou precisar mudar nada e vou poder continuar com os LEDs? Tenho essa duvida pois antigamente foi proibida a utilização do xenon (apenas para os que ja vinham de fabrica com o sistema de regulagem), mas o pessoal que tinha legalizado o xenon no carro pode rodar normal ate hoje usando o xenon... Se alguem puder me tirar essa duvida fico agradecido!

    ResponderExcluir
  16. Galera... mete o xenon e vai ser feliz

    ResponderExcluir
  17. Esse País de merda desde de andar pra frente, agora esta regredindo !! Daqui a pouco os faróis serão à lampião com querosene. O País cheio de problemas e uns "estudados" colocando a Nação para o passado. Eita "Paisinho" esculhambado

    ResponderExcluir
  18. Na Inglaterra vem uma Empresa e solicita para um órgão regulador a edição de norma que lhe proteja e favoreça a manter seus produtos para o consumo, sem nenhuma contrapartida ao órgão, né. Aqui no Brasil é diferente, é claro.

    ResponderExcluir
  19. estavam vendendo poucas lampadas,
    as led não queimam !!!!

    ResponderExcluir
  20. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  21. Observei que o S 5°, do ART. 2°, proíbe a mudança de lâmpadas:

    § 5º É proibida a substituição de lâmpadas dos sistemas de iluminação ou sinalização de veículos por outras de potência ou tecnologia que não seja original do fabricante.

    No entanto, o artigo. 6° autoriza a substituição por novas tecnologias, desde que certificados:
    Art. 6º Serão aceitas inovações tecnológicas, ainda que não contempladas nos requisitos estabelecidos nesta Resolução, desde que sua eficácia seja comprovada através de certificação ou legislação internacional reconhecidas pelo órgão máximo executivo de trânsito da União.

    Como devemos interpretar essa contradição: podemos ou não utilizar novas tecnologias: led, super brancas...

    Nota-se, mais uma vez a incapacidade técnica do CONTRAN, já que se contradiz. Além de proibir acessórios que garantem maior segurança, já que as lâmpadas halógenas não atingem, sequer, o facho de luz de 100mts exigido.

    ResponderExcluir
  22. Incapacidade técnica e desrespeito com o meio ambiente, pois é comprovado que as lâmpadas de led além de durarem mais, serem mais econômicas, causam menos impacto no meio ambiente, ao invés de se preocuparem com a falta de sinalização, e falta de iluminação nessas rodovias e até mesmo dentro das cidades, arrumam mais coisas para assaltar o povo trabalhador, mas o que podemos esperar de um governo corrupto?

    ResponderExcluir
  23. Essa lei só entrara em vigor em 2021 então ainda posso usá-las as leds?

    ResponderExcluir
  24. Isso é uma vergonha para esse país que ninguém pode colocar o que quiser ou fazer o que quiser no seu próprio veículo mais que porta de democracia e liberdade e essa, tá certo sou totalmente contra aos exageros mais pó lâmpada de led xenon fala sério esse viver no só quer arrecadar e mandar no que é nosso.

    ResponderExcluir