Volvo CE lança sua nova geração de caminhões articulados

A Volvo Construction Equipment está lançando no Brasil e na América Latina a linha G de caminhões articulados, a mais nova geração de máquinas deste tipo. “São equipamentos para todos os tipos de obras, oferecendo o que há de mais avançado e produtivo nesta área”, afirma Afrânio Chueire, presidente da Volvo CE Latin America.
A nova geração mantém os atributos pelos quais os articulados da marca são conhecidos: Alta produtividade, baixo consumo de diesel, facilidade de operação e conforto para o operador. “Mas a nova geração traz características totalmente novas, que fazem desta máquina a melhor opção do mercado, como o Volvo Dynamic Drive, uma carga útil aumentada e ainda maior eficiência de combustível”, destaca Massami Murakami, diretor de suporte a vendas da Volvo CE LA.
Essa tecnologia é uma nova e mais inteligente estratégia de mudança de marcha. Ela leva em consideração também os aclives e declives por onde transita, assim como  carga na caçamba, tomando então a decisão de qual marcha usar na partida e posteriormente. Quando as condições exigem, o sistema prolonga a marcha, garantindo o máximo de força de tração. “O Volvo Dynamic Drive leva em consideração a carga útil e o relevo do percurso, tornando os articulados ainda mais eficientes”, diz Boris Sanchez, gerente de suporte a vendas e aplicações da Volvo CE LA.
Assistente em rampas
Os novos articulados chegam também com o Hill Assist, um mecanismo que ajuda quando a máquina roda em aclives acentuados. “O Hill Assist é ativado pressionando-se o pedal do freio na posição parada. Ele mantém o caminhão em posição segura em rampas íngremes o tempo que for necessário. É um recurso muito importante em elevações deste tipo. É mais segurança na operação”, observa Masashi Fujiyama, representante de produto da Volvo CE LA.
Para dar ainda mais suporte ao operador e melhorar a sua segurança, um sensor de ângulo de inclinação lateral foi colocado no chassi traseiro. Ele permite que o operador veja qual é a inclinação lateral antes e durante o basculamento. Por meio do Contronics, é possível definir limites de inclinação e escolher as ações possíveis. Nesse caso, o operador receberá um alerta amarelo, caso uma inclinação lateral crítica seja detectada.
Os caminhões podem ter também o OBW (On Board Weighing), um dispositivo de pesagem de carga que o aproveitamento de 100% da capacidade carga útil, evitando ineficiência em caso de pouca carga ou assegurando a durabilidade e a confiabilidade em sobrecargas. Solução ideal para monitorar a produtividade da máquina, o OBW é totalmente automático.
A unidade de carregamento recebe informações por meio de luzes indicadoras de carga, montadas do lado de fora da máquina, para atingir a carga nominal e avisar quando há sobrecarga. Três luzes diferentes se acendem, dependendo da quantidade de carga no caminhão. As luzes de indicação de carga também são visíveis para o operador, assim como a carga real, ambas apresentadas no visor do Contronics.
FONTE: Volvo 
Compartilhe no Google Plus
    Blogger Comment
    Facebook Comment

0 comentários:

Postar um comentário