Exportações de caminhões e ônibus Volkswagen avançam 40% no trimestre

A MAN Latin America ampliou em 40% as exportações de caminhões e ônibus no primeiro trimestre deste ano na comparação com os resultados do mesmo período de 2016. Os embarques alcançaram 1 mil 747 no acumulado dos três primeiros meses de 2017, enquanto no ano anterior esse volume foi de 1 mil 250 unidades.
Um dos destaques dessa alta é o sucesso do semipesado VW Constellation 17.280 em mercados estratégicos, caso da Argentina, onde o modelo alcançou o posto máximo de vendas no trimestre. No México também, os resultados denotam crescimento: as vendas de caminhões e ônibus da MAN Latin America aumentaram 38% frente ao mesmo período de 2016, que já foi um ano recorde para a empresa no país.
A América Latina é um dos principais destinos dos modelos produzidos na fábrica da MAN Latin America em Resende (RJ), com alta nos embarques em países como Chile e Bolívia. Outros destaques ficam por conta da retomada de vendas na América Central, principalmente Costa Rica, Panamá e República Dominicana, além dos resultados na África do Sul.
“A internacionalização da marca Volkswagen Caminhões e Ônibus e dos seus produtos sob medida é um de nossos focos e conta com o suporte de nosso ciclo de investimento de R$ 1,5 bilhão”, comenta Roberto Cortes, presidente e CEO da MAN Latin America.
Os produtos Volkswagen e MAN fabricados ou distribuídos pela MAN Latin America estão presentes em cerca de 20 países da América Latina. Na África, além da exportação de veículos brasileiros para diversos mercados, uma parceria com a MAN Truck & Bus em Pinetown, África do Sul, garante a produção de caminhões Volkswagen Constellation e chassis Volksbus com direção do lado direito.

VW Constellation 17.280 é o caminhão mais vendido na Argentina
Em menos de um ano após o seu lançamento na Argentina, o caminhão VW Constellation 17.280 4x2 conquistou o mercado e sagrou-se o modelo favorito daquele país no acumulado de janeiro a março.
O semipesado mostrou-se a melhor opção principalmente no agronegócio argentino. Equipado com motor MAN D08 o modelo dispensa o uso de Arla 32 e torna a operação mais prática, além de reduzir custos operacionais.
“A linha Constellation é sucesso em diversas partes do mundo. Falando especificamente do 17.280, o modelo é mais uma prova de que os produtos desenvolvidos pela engenharia brasileira têm futuro promissor em diversos mercados”, destaca Cortes.

Vendas no México têm alta de 38%
A MAN Latin America registrou um crescimento de 38% neste primeiro trimestre, em comparação com o mesmo período de 2016, considerado o melhor ano de vendas da montadora no país com 1 mil 820 caminhões e ônibus comercializados. Somente no segmento de transporte de passageiros, a alta foi de 71%.
Para esses resultados, contribuíram negócios fechados recentemente, como o acordo com a Heineken com a entrega já concretizada das 60 primeiras unidades de um lote total de 150 veículos. Há também as vendas de 181 ônibus para Iamsa e outros 154 para a ADO, ambas empresas de transporte urbano com grande representatividade no México.
A montadora também investe de forma consistente para seguir sua expansão no país com o lançamento de produtos, aumento de sua rede de concessionárias e fortalecimento de seus serviços de pós-vendas.
Compartilhe no Google Plus
    Blogger Comment
    Facebook Comment

0 comentários:

Postar um comentário