Nova alta no óleo diesel impactará setor do transporte em Mato Grosso

A elevação em 6,1% no preço do óleo diesel nas refinarias, anunciado pela Petrobras na noite de quinta-feira, 05 de janeiro, deverá reduzir ainda mais a receita do setor do transporte rodoviário em Mato Grosso. Hoje, o gasto com o combustível derivado do petróleo representa mais de 50% dos custos de uma transportadora. 
A Petrobras anunciou na noite de quinta-feira que "decidiu elevar o preço do diesel nas refinarias em 6,1%, em média". A estatal afirma que o "preço da gasolina nas refinarias ficou inalterado".
Essa é a segunda vez que a Petrobras eleva o litro do óleo diesel desde que anunciou uma nova política de preços que vem sendo implantada pela estatal. Essa nova política teve início em outubro e por dois meses seguidos reduziu o preço do óleo diesel nas refinarias em 13,1%, que não foi sentido pelo consumidor final. Em dezembro a estatal voltou a elevar o valor em 9,5%.
"A decisão é explicada principalmente pelo efeito da continuada, embora mais discreta, elevação dos preços do petróleo nos mercados internacionais, pela valorização do real desde a última revisão de preços e por ajustes na nossa competitividade no mercado interno de gasolina e diesel", afirma a Petrobras em nota publicada em seu site.
A previsão é que o óleo diesel para o consumidor suba 3,8% ou cerca de R$ 0,12 por litro em média, caso "o ajuste feito hoje for integralmente repassado e não houver alterações nas demais parcelas que compõem o preço ao consumidor final".
Para o setor do transporte rodoviário de cargas em Mato Grosso o novo reajuste feito pela Petrobras significa mais “redução na receita do setor”. De acordo com o diretor-executivo da Associação dos Transportadores de Carga de Mato Grosso (ATC), Miguel Mendes, um novo aumento traz impactos na planilha de custo. Ainda não se sabe o quanto em quanto será esse impacto, uma vez que os novos valores nas refinarias começaram a ser praticados nesta sexta-feira, 06.
“Hoje, o gasto com óleo diesel supera mais de 50% dos custos de uma transportadora. Isso traz recuo na receita do setor”, ponta Mendes. 
Segundo último levantamento da Agência Nacional do Petróleo (ANP), o litro do óleo diesel S-500 encerrou 2016 em Mato Grosso na média de R$ 3,346 o litro. O preço mínimo verificado foi de R$ 3,07, enquanto o máximo de R$ 3,699.
Já o preço médio do óleo diesel S-10 fechou 2016 a R$ 3,465. O mínimo foi de R$ 3,129 e o máximo de R$ 3,880. Os dados da ANP referem-se ao levantamento realizado entre 25 e 31 de dezembro.
FONTE: Olhar Direto 
Compartilhe no Google Plus
    Blogger Comment
    Facebook Comment

0 comentários:

Postar um comentário