Fiat Toro ganha o moderno motor TigerShark 2.4 Flex

O Fiat Toro chegou no primeiro semestre deste ano para satisfazer as pessoas que procuravam um veículo que reunisse todas as características de um SUV, o conforto de um automóvel e a praticidade de uma picape com capacidade para cinco pessoas e uma tonelada. A resposta do consumidor chegou logo: o Fiat Toro é sucesso absoluto de vendas desde o seu lançamento, superando a marca de 30 mil unidades/vendidas em todo o Brasil, e conquistando o segundo lugar no ranking de vendas de comerciais leves, atrás somente de outro produto de muito sucesso da marca, o Fiat Strada.
Mesmo com todo esse resultado, ainda no seu ano de lançamento, a Fiat lança o Toro Freedom 2.4 Flex AT9, equipada com o revolucionário motor global da Fiat Chrysler Automobiles (FCA), o 2.4 Tigershark Multiair Flex 16V, de última geração, que rende 186 cv de potência e elevados 24,9 kgfm de torque. Para acompanhar este potente propulsor, a nova versão conta ainda com o câmbio automático de nove velocidades, inédito entre as picapes cabine dupla flex e sistema Start & Stop para melhorar ainda mais os índices de consumo de combustível.
O Toro Freedom 2.4 Flex AT9 não traz só um novo motor, mas conta ainda com novas tecnologias. São elas:
- HCSS (Heated Cold Start System). Um novo recurso desenvolvido pela Magnetti Marelli que dispensa o reservatório de gasolina suplementar para partida a frio em um sistema flex.
- Start/Stop – um sistema que tem como objetivo a economia de combustível, chegando até 20% de combustível em trânsito urbano congestionado, e a redução da emissão de gases poluentes. O sistema desliga o motor de forma instantânea quando o carro encontra-se parado e volta a ligá-lo automaticamente quando o motorista aciona novamente o acelerador.
- Tecla Sport – localizada no centro do painel, muda o mapa de calibração do motor, deixando a picape mais ágil e com um comportamento mais esportivo.
As novidades deste novo modelo não param por aí. Além de todos os itens de série da Freedom 1.8 Flex, ela ganha capota marítima, retrovisores elétricos, brake light, luz de caçamba, sensor de pressão nos pneus, volante em couro + tecla áudio + borboletas para as trocas de marchas, rodas “Super Spoke” de 16 polegadas, além da nova cor perolizada exclusiva para a versão, a Branco Polar.
O consumidor do Fiat Toro Freedom 2.4 Flex AT9 poderá deixá-lo ainda mais completo com itens opcionais, como teto solar elétrico, barras longitudinais no teto, faróis de neblina, bancos revestidos parcialmente em couro, sensor de chuva, sensor crepuscular, retrovisor interno eletrocrômico, câmara de ré, Uconnnect Touch Nav 5” (central multimídia com tela de 5”, navegação GPS, comandos de voz Bluetooth, áudio Streaming, entrada aux, porta USB, MP3 e rádio AM/FM), rodas de liga leve 6.5 x 17” + pneus de uso misto, mais side bags dianteiros, window bags e knee bag (air bag de joelho motorista).
Novo motor 2.4 Flex Tigershark
O nome Tigershark é uma homenagem ao feroz Tubarão Tigre e também a um avião caça-bombardeiro americano. Para justificar a agressiva denominação, este 2.4 traz o que há de mais atual em tecnologia e construção. Este novo e potente motor flexível quatro cilindros 2.4 litros de 16 válvulas da família Tigershark é produzido no México, na nova fábrica de motores de Saltillo, de onde também saem os poderosos motores V8 da FCA HEMI 5.7 e Hellcat 6.2. Ele chega para atender aos clientes que procuram o máximo de potência e desempenho em um motor flex.
Um motor inteiramente em alumínio, inclusive o bloco, para menor peso e melhor troca de calor. Os quatro pistões de altura reduzida contam com pinos flutuantes, além de revestimento especial (Diamond-Like Carbon), tudo para reduzir o atrito interno. Estes pistões se ligam a um virabrequim forjado, de maior resistência e durabilidade. Aliás, todos os componentes internos deste motor foram especialmente projetados para trabalhar com o Start/Stop que, com múltiplas partidas no trânsito urbano, exige mais das especificações do motor.
Vários outros componentes foram aperfeiçoados, tanto para diminuir consumo como para aumentar rendimento do motor. O motor Tigershark 2.4, além de maximizado para durabilidade, foi projetado para tirar o máximo proveito da combustão através do revolucionário e exclusivo sistema MultiAir2, responsável por variar o tempo e abertura das válvulas de admissão por um sistema eletro-hidráulico (comandado pelo gerenciamento eletrônico do motor). Este sistema melhora a eficiência da queima do combustível e reduz as emissões de escape.
- Bobinas de ignição aplicadas diretamente nas velas, que tem eletrodos de platina e irídio.
- Ventilador do radiador e bomba de combustível, que contam com gerenciamento eletrônico tipo PWM.
- Alternador inteligente, que aproveita momentos de desaceleração ou frenagem do veículo para recarregar a bateria com mais intensidade, economizando combustível.
- Comando de válvulas acionado por corrente metálica extremamente silenciosa e durável, não necessitando de reposição.
- Correia Poli-V secundária (dos órgãos auxiliares) conta com tensionador automático.
O resultado de tudo isto, é uma potência elevada (186 cv a 6.400 rpm, com etanol / 174cv, com gasolina), superior à de concorrentes até de maior cilindrada. E a apenas 2.000 rpm já se tem 91% de seu torque máximo (24,9 kgfm a 4.000 rpm, etanol / 23,5 kgfm, gasolina).
Todo este trabalho torna o Fiat Toro 2.4 Flex extremamente agradável de dirigir devido à sua potência e ao baixo nível de ruído interno, já que o motor rende bem também em baixa rotação. Ele ainda se destaca pela economia de combustível e por atender aos padrões de emissões não só no Brasil, como também nos Estados Unidos e Europa.
FONTE: FIAT 
Compartilhe no Google Plus
    Blogger Comment
    Facebook Comment

0 comentários:

Postar um comentário