Caminhões VW 4x4 conquistam espaço no mercado civil

A fabricante dos veículos comerciais Volkswagen e MAN tem expandido o mercado de seus caminhões 4x4, originalmente desenvolvidos para operações militares. Já são cinquenta veículos Worker 15.210 com a tração especial comercializados para aplicações civis nos mais diferentes segmentos. Suas maiores vantagens estão na robustez e capacidade de carga: o veículo tem peso bruto total de 15 toneladas e está apto a rodar em qualquer tipo de terreno, o que tem atraído os clientes.
Ricardo Alouche, vice-presidente de Vendas, Marketing e Pós-Vendas da MAN Latin America, ressalta que a estratégia é apresentar novas opções aos clientes, principalmente em um nicho não explorado pela empresa antes. “Por toda sua configuração, esse modelo já consagrado no setor militar se comprova ideal também para aplicações civis fora de estrada como o eletricitário, a de mineração, de construção e usinas, entre outros”, avalia.
O veículo foi aprovado em testes rigorosos do Exército Brasileiro, que já adquiriu mais de cinco mil unidades nos últimos anos. Quem também apostou no modelo e colhe os frutos desse investimento é a JFI, especializada na prestação de serviços no setor de silvicultura. Há três meses em operação, o Worker 15.210 4x4 acumula ganhos em produtividade à operação e a empresa se beneficia também de um valor de investimento reduzido.
“O caminhão é muito versátil e ideal para enfrentar nossas condições pesadas de operação. Quando renovarmos mais veículos em nossa frota, certamente optaremos novamente por esse Worker 15.210 4x4 dado o potencial de ganho operacional que temos com o modelo”, destaca José Carlos de Almeida, proprietário da JFI. O empresário revela ainda que o veículo tem despertado interesse de outros prestadores de serviço do ramo por sua alta produtividade.
Motivos não faltam. Com a adoção do Worker 4x4, o cliente pôde substituir ao mesmo tempo um caminhão cisterna e um trator com tanque. Isso porque o novo modelo da Volkswagen roda em qualquer terreno, indo desde o açude para coletar água e entrando também na área de plantio na floresta, superando os muitos resíduos de madeira no trajeto, para irrigar plantações de eucalipto utilizado para fabricação de celulose em grandes empresas.
“Esse é um caminhão mais alto, com tração especial e um eixo diferencial a mais que faz a diferença na operação. E todo o conjunto nos representa um valor de investimento cerca de 50% menor do que os equipamentos que eram requeridos antes para a mesma atividade”, afirma o executivo da JFI. Ao todo, ele conta com quatro unidades do Worker 15.210 4x4 distribuídos em suas operações em São Paulo, Mato Grosso e Rio Grande do Sul.
A extensa rede de concessionárias da MAN Latin America também contribuiu para a decisão de compra. A JFI vai dispor dos pontos de assistência técnica Volkswagen Caminhões espalhados por todo o país. A alta disponibilidade do modelo, aliás, foi uma das vantagens destacadas por José Carlos. “A demanda para manutenção mecânica é muito baixa e tranquila, mesmo nas severas condições da aplicação”, pondera.
Para Patrick Alciati, gerente de Vendas da Maggi Caminhões responsável pela negociação, a atenção às necessidades específicas do cliente foi crucial para o nível de satisfação da JFI. “Estamos sempre de olho nas oportunidades para oferecer as melhores soluções para o seu negócio. Avaliamos a operação da JFI e chegamos à proposta com uma relação custo-benefício muito satisfatória para o cliente e os resultados têm se comprovado na prática”, explica.
A fabricante dos veículos comerciais Volkswagen e MAN tem expandido o mercado de seus caminhões 4x4, originalmente desenvolvidos para operações militares. Já são cinquenta veículos Worker 15.210 com a tração especial comercializados para aplicações civis nos mais diferentes segmentos. Suas maiores vantagens estão na robustez e capacidade de carga: o veículo tem peso bruto total de 15 toneladas e está apto a rodar em qualquer tipo de terreno, o que tem atraído os clientes.
Ricardo Alouche, vice-presidente de Vendas, Marketing e Pós-Vendas da MAN Latin America, ressalta que a estratégia é apresentar novas opções aos clientes, principalmente em um nicho não explorado pela empresa antes. “Por toda sua configuração, esse modelo já consagrado no setor militar se comprova ideal também para aplicações civis fora de estrada como o eletricitário, a de mineração, de construção e usinas, entre outros”, avalia.
O veículo foi aprovado em testes rigorosos do Exército Brasileiro, que já adquiriu mais de cinco mil unidades nos últimos anos. Quem também apostou no modelo e colhe os frutos desse investimento é a JFI, especializada na prestação de serviços no setor de silvicultura. Há três meses em operação, o Worker 15.210 4x4 acumula ganhos em produtividade à operação e a empresa se beneficia também de um valor de investimento reduzido.
“O caminhão é muito versátil e ideal para enfrentar nossas condições pesadas de operação. Quando renovarmos mais veículos em nossa frota, certamente optaremos novamente por esse Worker 15.210 4x4 dado o potencial de ganho operacional que temos com o modelo”, destaca José Carlos de Almeida, proprietário da JFI. O empresário revela ainda que o veículo tem despertado interesse de outros prestadores de serviço do ramo por sua alta produtividade.
Motivos não faltam. Com a adoção do Worker 4x4, o cliente pôde substituir ao mesmo tempo um caminhão cisterna e um trator com tanque. Isso porque o novo modelo da Volkswagen roda em qualquer terreno, indo desde o açude para coletar água e entrando também na área de plantio na floresta, superando os muitos resíduos de madeira no trajeto, para irrigar plantações de eucalipto utilizado para fabricação de celulose em grandes empresas.
“Esse é um caminhão mais alto, com tração especial e um eixo diferencial a mais que faz a diferença na operação. E todo o conjunto nos representa um valor de investimento cerca de 50% menor do que os equipamentos que eram requeridos antes para a mesma atividade”, afirma o executivo da JFI. Ao todo, ele conta com quatro unidades do Worker 15.210 4x4 distribuídos em suas operações em São Paulo, Mato Grosso e Rio Grande do Sul.
A extensa rede de concessionárias da MAN Latin America também contribuiu para a decisão de compra. A JFI vai dispor dos pontos de assistência técnica Volkswagen Caminhões espalhados por todo o país. A alta disponibilidade do modelo, aliás, foi uma das vantagens destacadas por José Carlos. “A demanda para manutenção mecânica é muito baixa e tranquila, mesmo nas severas condições da aplicação”, pondera.
Para Patrick Alciati, gerente de Vendas da Maggi Caminhões responsável pela negociação, a atenção às necessidades específicas do cliente foi crucial para o nível de satisfação da JFI. “Estamos sempre de olho nas oportunidades para oferecer as melhores soluções para o seu negócio. Avaliamos a operação da JFI e chegamos à proposta com uma relação custo-benefício muito satisfatória para o cliente e os resultados têm se comprovado na prática”, explica.
Compartilhe no Google Plus
    Blogger Comment
    Facebook Comment

0 comentários:

Postar um comentário