Ford Caminhões tem crescimento na venda de semileves e pesados

A Ford foi a marca de caminhões que obteve o maior crescimento no mercado em setembro, quando registrou também a sua melhor participação do ano: 17,7% das vendas, com um ganho de 1,9 ponto porcentual comparado a agosto. O resultado da empresa foi impulsionado pela boa presença de vários modelos, incluindo o recorde de vendas dos novos caminhões Cargo Torqshift com transmissão automatizada, e especialmente a liderança nos segmentos de caminhões semileves com o F-350 e dos pesados Cargo 6×4.
Registrando 35,6% das vendas, foi destacada a presença do Ford F-350 no mercado de caminhões com peso bruto totalde 3,5 a 6 toneladas. Este tipo de produto tem obtido grande aceitação no setor do agronegócio, além das atividades de entregas urbanas fracionadas, serviços de manutenção e distribuição comercial em geral.
No segmento de caminhões 6×4, um dos mais concorridos, a Ford liderou com 32,9% de participação. Voltados principalmente à construção civil, nessa configuração a marca oferece os modelos Cargo 2623, Cargo 2629 e Cargo 3133, cobrindo aplicações com capacidade máxima de tração de 32 a 63 toneladas.
O recorde de vendas dos modelos Cargo Torqshift mostra o acerto deste lançamento. Os veículos com transmissão automatizada sinalizam uma tendência de busca do aumento da produtividade em diversas operações de transporte, com maior economia de combustível e conforto para o motorista. A linha, lançada no primeiro trimestre deste ano, é composta por modelos médios e pesados, cujos destaques foram o Cargo 2429 6×2 Torqshift e o Cargo 1723 Kolector Torqshift.
“Esse resultado reflete o trabalho de posicionamento da marca, atuando de forma muito mais próxima dos clientes para garantir o máximo rendimento da frota, com foco na qualidade do produto e no atendimento pós-venda”, diz Oswaldo Ramos, gerente de Marketing e Vendas da Ford Caminhões. “Nosso compromisso é possibilitar que os clientes tenham sempre o veículo rodando, com a disponibilidade de peças e serviços a qualquer momento.”
Compartilhe no Google Plus
    Blogger Comment
    Facebook Comment

0 comentários:

Postar um comentário