Chile: Caminhoneiros seguem impedidos de voltar ao Brasil

Os cerca de 40 caminhoneiros da região que estavam presos no Chile por conta da neve continuam naquele país. Mas agora não é o fenômeno climático que impede a vinda deles de volta ao Brasil. Os funcionários da Aduana estão em greve desde o fim da semana passada. São mais de quinze dias que os motoristas estão presos naquele país.
Até a metade da semana passada era a neve que impedia a vinda dos caminhoneiros, já que o fenômeno popularmente conhecido como Santa Rosa atingia pelo menos a capital do Chile, Santiago. A expectativa era que eles conseguissem voltar até o fim de semana. Mas agora, com a greve da Aduana, eles esperam voltar do meio da semana em diante, segundo disse um dos motoristas que segue naquele país.
Eles relatam bastante dificuldade para se manter por lá. Completando nesta segunda-feira, 24, 16 dias no país vizinho, os motoristas têm problemas para alimentação e também para lidar com o frio, que ainda atinge a região. Para garantir as refeições, eles têm precisado ir constantemente ao mercado comprar alimento. Espera-se que a greve da aduana, que controla a entrada e saída de mercadorias, termine nos próximos dias.
FONTE: Rádio Rural 
Compartilhe no Google Plus
    Blogger Comment
    Facebook Comment

0 comentários:

Postar um comentário