Scania comemora 5 anos da linha de caminhões semipesados

A Scania completa cinco anos da atuação no mercado de semipesados, fazendo história na categoria de distribuição de cargas de pequenas e médias distâncias, especialmente pelo sucesso de seus modelos, que inauguraram o uso do conceito de veículos Premium.
“A Scania começou sua atuação na faixa de semipesados como pioneira em vários quesitos. Trouxe como opcional a caixa automatizada (Opticruise), a cabine-leito e a suspensão pneumática de série. Apresentou o P 310 8×2, o primeiro com quarto eixo original de fábrica. Em janeiro de 2014, foi a vez de tornar o câmbio Opticruise de série”, afirma Victor Carvalho, diretor de Vendas de Caminhões da Scania no Brasil.
Em cinco anos foram emplacadas 6.750 unidades de semipesados, até julho de 2016. Para este ano o objetivo é atingir inéditos 7% de participação na categoria.“Foi um pioneirismo ter elevado o segmento da distribuição ao patamar Premium, pois desenvolvemos os produtos com as mesmas características da consagrada linha de pesados, dentre elas maior economia de combustível e superior conforto e ergonomia da cabine. Fatores que propiciam mais rentabilidade, produtividade e bem-estar ao motorista”, diz Carvalho.

História de sucesso
O primeiro semipesado lançado pela Scania foi o P 270, que chegou nas versões 4×2 e 6×2 e com opções de cabines simples e leito. O P 270 foi marcante, porque se tornou o primeiro semipesado a ter caixa de câmbio automatizada como opcional. “Na época, a promessa da Scania foi oferecer ao cliente um produto com agilidade e baixo custo por quilômetro rodado. São atributos da linha reconhecidos até hoje pelo mercado”, relembra Carvalho.
A partir de janeiro de 2012 entra em vigor a nova lei Proconve P7, ou Euro 5, com rigorosas exigências no controle de emissões de poluentes dos caminhões. A chegada desses novos e modernos motores levou a Scania a fazer uma mudança na linha. O P 270 se tornou opção exclusiva de propulsor movido a etanol (único na América Latina), e chegam para o mix de semipesados os modelos P 250 e P 310, equipados com mais novidades.
“O lançamento da gama semipesada Euro 5 tornou a Scania a marca com os caminhões mais avançados, econômicos, seguros, de maior capacidade volumétrica de carga e de maior área disponível para carregamento da categoria. E ainda hoje é assim”, diz Carvalho.
O P 250 e o P 310 elevaram a oferta de torque: 1.150Nm e 1.550Nm, respectivamente, até hoje os melhores do segmento, em suas faixas de atuação. Também passaram a disponibilizar outros diferenciais, como balança digital no painel e a configuração de rodas 8×2, que inaugurou a faixa de semipesados com quarto eixo original e garantia de fábrica.
Em janeiro de 2014, ao tornar o câmbio automatizado Opticruise de série, a Scania inovou outra vez. “Fizemos uma grande revolução na categoria. Demos um passo enorme para oferecer ainda mais produtividade, rentabilidade e conforto ao motorista”, explica Carvalho. Nesse mesmo ano, a fabricante bateu seu recorde histórico de vendas: 2.171 unidades.
Em 2015, a Scania apresentou uma terceira opção de cabine, a estendida, para as versões 4×2 e 6×2. As medidas dessa cabine são menores do que a do modelo leito, o que resulta na diminuição da tara no eixo dianteiro. Outra novidade foi o uso de pneus 275, que passaram a reduzir a pesagem total do caminhão. O resultado desses dois fatores permite ao cliente a possibilidade de carregar até 400 kg a mais de carga útil. Um grande diferencial da cabine estendida Scania em relação à dos concorrentes está no fato de o equipamento de descanso e o assento do passageiro, este de forma exclusiva na categoria, serem rebatíveis. Ou seja, o condutor pode se movimentar internamente mesmo com ambos montados para o repouso.

Linha 2016: versátil e econômica
A gama Scania 2016 de semipesados continua oferecendo soluções completas de produtos e serviços para atender a uma grande diversidade de necessidades dos clientes, no transporte de pequenas e médias distâncias. As ofertas da cabina P contemplam configurações de rodas 4×2, 6×2 e 8×2, que podem receber implementos dos tipos baú, unidade frigorífica, tanque, sider e carga seca. Os modelos dispõem de motores 9 litros e potência de 250 e 310cv. Simples, estendida e leito são as alternativas de cabine.
Os caminhões P 250 e P 310 saem equipados de fábrica com caixa automatizada Scania Opticruise de quarta geração, piloto automático inteligente Ecocruise, ar-condicionado, balança digital no painel (para medir o peso nos eixos traseiros e ajudar o motorista a estar dentro das exigências da Lei da Balança), suspensão a ar, capaz de elevar a preservação da carga e do implemento na operação, e uma vasta lista de distâncias entre eixos para atender diversos tipos de composições e comprimentos. Uma das vantagens da linha de semipesados da Scania é a opção de entre-eixos de 6.300mm de fábrica, que permite aos veículosreceber um implemento baú de até 10,5m, a maior capacidade de área disponível para carregamento do mercado.
Além disso, completa o pacote de itens de série o Scania Driver Support, que possibilita ao motorista ter um “instrutor em tempo real” no painel, atribuindo notas para sua direção e enviando dicas de melhorias para tornar a operação ainda mais rentável, segura e eficiente.
FONTE: Scania 
Compartilhe no Google Plus
    Blogger Comment
    Facebook Comment

0 comentários:

Postar um comentário