Competição Scania que vale caminhão 0 km tem inscrição até esta quarta-feira (31)

Quem deseja ser o Melhor Motorista de Caminhão da América Latina e ainda ganhar um Scania Streamline R 440 6×2 zero km tem até esta quarta-feira (31), para fazer a inscrição e terminar as fases online 1 e 2, da competição Scania Driver Competitions (SDC). A ação da Scania tem por objetivo valorizar a profissão, a importância do treinamento dos caminhoneiros e a segurança nas estradas.
“Uma das metas da Scania é contribuir para um setor de transportes mais sustentável. A Scania é a única fabricante a promover uma competição entre motoristas focada na qualificação. Acreditamos que o condutor é o elo na cadeia de transporte que pode mudar as estatísticas de acidentes nas estradas. A experiência de edições anteriores comprovou que um motorista capacitado tem papel fundamental para tornar as viagens mais produtivas, reduzindo o consumo de combustível e contribuindo para o meio ambiente” explica Márcio Furlan, gerente de comunicação e marketing da Scania no Brasil.
“Vale a pena reforçar que o interessado deve fazer a inscrição e as provas da primeira e da segunda fase online até esta quarta-feira. Apenas após efetivar esses três passos o cadastro será validado”, afirma Rodrigo Machado, coordenador do Scania Driver Competitions Brasil.
A única forma de inscrição é pela internet, pelo site www.scaniasdc.com.br ou por aplicativo. Só podem participar profissionais com carteira de habilitação categoria E. O regulamento completo está disponível no portal. As dúvidas podem ser esclarecidas pelo 0800-771-0159.
Depois de completar o cadastro com seus dados pessoais, o motorista será avaliado em duas fases. Caso passe, a terceira fase será realizada em setembro e outubro, e ele fará a prova na concessionária Scania escolhida na inscrição. Os 60 melhores disputam as semifinais e a final, de 8 a 10 de novembro. Os três primeiros da final brasileira estarão credenciados para a final América Latina com os três melhores motoristas de caminhão da Argentina, do Chile e do Peru. Esses 12 profissionais duelam no Brasil, nos dias 26 e 27 de novembro. O prêmio máximo será o caminhão.
Dinâmica do SDC 2016
A primeira fase de testes será em uma simulação de direção em viagem completa, da carga à descarga. A participação pode ser pelo site ou por aplicativo. Pelo programa, o candidato percorrerá uma estrada acompanhado por um motorista virtual chamado Pedro. Durante o trajeto, o concorrente terá de responder a 20 questões de múltipla escolha, que valem 1 ponto cada. Para ser aprovado ele precisará de no mínimo 12 pontos.
Na segunda fase, o profissional será novamente testado em avaliação teórica online pelo site ou por aplicativo. Mais 20 questões de múltipla escolha, que valem 1 ponto cada. As duas primeiras fases abordam temas relacionados a legislação, preocupação ambiental e condução responsável, defensiva e econômica. Para auxílio e treinamento, o candidato terá acesso gratuito a uma biblioteca virtual. Para ser aprovado para a fase 3, o inscrito deverá estar dentro de dois requisitos: primeiro, ficar entre os melhores das fases 1 e 2; segundo, precisa escolher uma Casa Scania, dentro de uma lista já definida, para fazer a prova teórica presencial, e sua nota deverá ser suficiente dentro do ranking dos melhores daquela região da concessionária. Ou seja, quanto maior sua pontuação nas duas primeiras fases, mais chance terá de fazer a prova na Casa Scania que preferir.
A fase 3 compõe as finais regionais com quatro horas de treinamento, prova teórica e de checklist (checagem de itens necessários antes de ser iniciada uma viagem). Serão selecionados os 60 melhores. Haverá dois períodos de provas (16, 17 e 18 de setembro e 7, 8 e 9 de outubro). Em cada divisão, serão dez etapas ocorrendo simultaneamente em dez cidades diferentes. Em setembro, as cidades serão: São José dos Pinhais (PR), Caxias do Sul (RS), Concórdia (SC), Guarulhos (SP), Jaboatão dos Guararapes (PE), Maringá (PR), Sumaré (SP), Rondonópolis (MT), Eldorado do Sul (RS) e Aparecida de Goiânia (GO). E em outubro: São Luís (MA), Tubarão (SC), Governador Valadares (MG), Rio de Janeiro, São José do Rio Preto (SP), Contagem (MG), Joinville (SC), Feira de Santana (BA), Ji-Paraná (RO) e Viana (ES). Serão feitas avaliações em três dias de competição (sexta, sábado e domingo). “Na fase 3 serão 20 competidores por dia, e só um vencedor. Ao fim dessas 20 etapas em 20 locais diferentes, com três motoristas vencedores por cidade, chegaremos ao total de 60 campeões”, conta Machado.
Os 60 melhores da fase 3 ganharão um curso presencial “Programa Caminhão Escola Avançado” de 40 horas, ministrado pela Fundação Adolpho Bósio de Educação no Transporte (Fabet) ou pelo Centro de Treinamento de Motoristas da Região Nordeste do Rio Grande do Sul (Centronor).
“Os 60 mais bem colocados da terceira fase estarão classificados para a semifinal nacional. Depois de provas teóricas, de checklist, de percurso e de manobras, restarão os 27 melhores, que no dia seguinte fazem a final nacional. As provas eliminatórias serão de manobras e habilidade ao volante numa corrida contra o tempo. Consagraremos o campeão nacional, mas o segundo e o terceiro também disputarão a inédita final latino-americana”, diz Machado. Os 27 melhores da semifinal ganharão um curso presencial “Master Driver Scania” de 40 horas. O vencedor da final brasileira também receberá um prêmio no valor de R$ 40.000. O segundo colocado ganha R$ 20.000, e o terceiro, R$ 10.000. Os três podem usar o montante para compras em rede conveniada e ainda levam para casa um kit de produtos Ipiranga.

Importância do SDC
A falta de motoristas capacitados hoje no Brasil é um gargalo que prejudica o desenvolvimento da atividade. O SDC é uma iniciativa que pretende alertar para a importância do treinamento como forma de tornar o transporte rodoviário mais seguro e produtivo. “Segundo a Fabet, um condutor qualificado pode reduzir acidentes em 47%, gerar economia de combustível de até 15%, reduzir o tempo da viagem e o desgaste de pneus em 10% – contribuições valiosas num mercado que trabalha com margens cada vez mais apertadas na busca pela rentabilidade”, salienta Machado.
Desde sua criação na Europa, em 2003, nascida como Young European Truck Driver, o agora Scania Driver Competitions reuniu mais de 300 mil motoristas de quase 50 países. O evento se espalhou pelo mundo para destacar a importância do treinamento e da capacitação dos motoristas, além de aumentar a consciência deles em relação à segurança rodoviária e ao meio ambiente. O Brasil realizou a competição cinco vezes, em 2005, 2008, 2010, 2012 e 2014, com o nome de Melhor Motorista de Caminhão do Brasil (MMCB). É atualmente o recordista mundial de participantes, com mais de 172 mil inscritos.
A sexta edição da competição Scania Driver Competitions conta com o patrocínio da Rede Graal, Librelato e Ipiranga. Os parceiros são C&A, Cargill, Danone e Grupo Pão de Açúcar, além do Centronor, Fabet, NTC&Logística, Pamcary, Polícia Rodoviária Federal, Sest-Senat e WCF, como apoiadores.
FONTE: Scania 
Compartilhe no Google Plus
    Blogger Comment
    Facebook Comment

0 comentários:

Postar um comentário