Record mostra a dura realidade dos caminhoneiros pelas estradas do País

O Repórter Record Investigação desta quinta-feira (28) revela sonhos, tristezas e frustrações daqueles que têm a responsabilidade de transportar praticamente toda riqueza do País: os caminhoneiros.
Em uma jornada de mais de três mil quilômetros, os repórteres do programa fazem um raio-x das rodovias mais perigosas do Brasil, onde o risco de acidentes é permanente. São estradas de terra, cheias de buracos, sem sinalização e nenhuma segurança.
Você vai ver também o flagrante da venda do mais novo combustível do asfalto: a cocaína. O tráfico acontece em frente de um posto da polícia. Sem comer e sem dormir, motoristas viciados em droga ameaçam a vida de outras pessoas.
Na região de Minas Gerais, em uma rodovia conhecida como o "trecho da morte", quadrilhas usam a cachaça para torturar e matar.
Longe da mulher, dos filhos e dos amigos, os caminhoneiros têm que se virar para comer, dormir e espantar a solidão. Como a vida em família é quase uma raridade para esses apaixonados do asfalto, muitos buscam a companhia de uma garota de programa. Mas elas não são simplesmente prostitutas, elas são psicólogas, amigas e companheiras. Às vezes dá até casamento.
Você vai acompanhar a emoção do caminhoneiro Nilson, que depois de quase um mês fora de casa, reencontra os amores da vida dele.
FONTE: Record 
Compartilhe no Google Plus
    Blogger Comment
    Facebook Comment

2 comentários:

  1. mais uma reportagem lixo dessa imprensa nacional podre onde sempre procuram denegrir a imagem dos caminhoneiros deveriam mostrar os inumeros jornalistas fumadores de maconha e cheiradores de coca e verdadeiros desinformantes da populaçao brasileira

    ResponderExcluir