Tempestade de neve prende caminhoneiros no Chile

Motoristas de uma transportadora de Concórdia estão parados há cerca de 10 dias  no Chile, devido a uma nevasca que atingiu o país. Segundo informações, apuradas pelo Jornalismo da Rádio Rural e 96 FM, uma pequena cidade chilena sofre com as consequências da tempestade de neve.
A água, que abastece a região, congelou  e está faltando gás para aquecer as residências e para o preparo dos alimentos. Além dos concordienses, há informações de que caminhoneiros de outras cidades da região, como Itá, por exemplo, também estão presos naquele país por conta da nevasca.
O concordiense Itamar Luiz Rovani é um desses motoristas impossibilitados de prosseguir viagem. Ele conversou com a reportagem da emissora e contou que este já é o nono dia de nevasca que impede o trabalho. A temperatura nesta sexta estava -3ºC e deixava a expectativa para durante o dia eles pudessem voltar a se movimentar com os veículos. Ouça a entrevista abaixo.
O exército chileno foi acionado em função do caos que foi instalado nesta região do país. Segundo relato de um motorista que faz viagens ao Chile, os motoristas concordienses que ficaram parados estão bem.
FONTE: Rádio Rural
Compartilhe no Google Plus
    Blogger Comment
    Facebook Comment

0 comentários:

Postar um comentário