Caminhoneiros bloqueiam saída de empresa pedindo aumento do frete

Cerca de 100 caminhoneiros bloqueiam nesta sexta-feira (3) a saída de uma transportadora de veículos em protesto ao baixo preço do frete pago pela empresa, no Distrito Agroindustrial de Anápolis (Daia) Anápolis, a 55 km de Goiânia. Segundo o Sindicato dos Transportadores de Veículos (Sintrave-GO), a categoria reivindica um reajuste de 11% por conta do aumento de tributos e pelo valor do óleo diesel, que, de acordo com a entidade, representa 50% do valor dos gastos no transporte.
“Estamos em negociação, as propostas dadas pela empresa estão abaixo da nossa expectativa. Diante disto, estamos seguindo com a paralisação e o protesto até que uma proposta seja formalizada pela transportadora”, afirmou ao G1 o presidente do Sintrave-GO, Afonso Rodrigues de Carvalho.
Segundo o sindicato, as cegonhas, como são chamados os caminhões que carregam os veículos da montadora às concessionárias, foram colocadas nos acessos da empresa a fim de pressionar as negociações.
De acordo com a diretoria da empresa, que tem sede em Porto Alegre, o reajuste ao valor do frete deve ser feito ainda nesta sexta-feira (3), mas abaixo do que pedem os caminhoneiros.
Para o caminhoneiro Júnior Félix, que participa do protesto, o aumento é necessário para que haja um equilíbrio entre o lucro e o os gastos no transporte. “Aumentou tudo, combustível, imposto, não tem como operar deste jeito, fica difícil”, afirmou ao G1.
FONTE: G1 
Compartilhe no Google Plus
    Blogger Comment
    Facebook Comment

5 comentários:

  1. OS CAMINHONEIROS MERECEM AUMENTO SIM, CHEGA DE EXPLORAÇÃO POR ESSES EMPRESÁRIOS SAFADOS QUE SÓ ENXERGAM OS PRÓPRIOS INTERESSES!

    ResponderExcluir
  2. Aumento na atual situação só se fosse de mais de 50 % abaixo disso nem reposição de perdas pode ser considerado !

    ResponderExcluir
  3. infelizmente com o excesso de caminhoes hoje a realidade e essa mesma . sobrou caminhao , o frete cai , nao tem jeito .

    ResponderExcluir
  4. Cegonheiro pedir aumento? Me engana q sou brasileiro. Uma vaga 2 milhões de reais. Um frete pra Fortaleza, deve ser uns 20mil. Enquanto eu, autônomo venho por 8.

    ResponderExcluir
  5. No meio dos cegonhas não tem autônomo, só empresários.

    ResponderExcluir