Empresa faz campanha na internet para conscientizar motoristas sobre acidentes

A Rodomann Indústria e Comércio de Implementos Rodoviários e concessionária Guerra, de Uruguaiana, no Rio Grande do Sul, está com uma campanha na internet para conscientizar motoristas sobre acidentes nas rodovias da Fronteira Oeste. A ação foi desenvolvida a partir do alto índice de acidentes que ocorrem anualmente em rodovias da região.
É através da fanpage e do site da empresa que semanalmente são lançados webcards com dados estatísticos e imagens sobre acidentes que ocorrerão em 2015, nas rodovias que ligam Uruguaiana a outras cidades da Fronteira Oeste.
De acordo com o Núcleo de Registros de Acidentes, da 9ª Superintendência Regional da Polícia Rodoviária Federal, em 2015 foram registradas 476 acidentes na Fronteira Oeste. As causas mais comuns são animais na pista, falha mecânica, defeito na via, desobediência à sinalização, motoristas que dormiram na direção, uso de álcool, distância entre dois veículos, ultrapassagem e alta velocidade.
“Nossa empresa trabalha com implementos rodoviários e diariamente atendemos motoristas de diversas cidades. Essa campanha foi pensada estrategicamente para conscientizar esses motoristas dirigem por essas rodovias”, desta Gabriel Uhmann, Engenheiro Mecânico e Sócio Proprietário.
No ano passado foram registradas 14 mortes em estradas da Fronteira Oeste, sendo 255 pessoas com ferimentos leves e 86 com ferimentos graves.
“É importante conscientizar o motorista, pois sabemos que os acidentes acontecem a todo o momento, e o motorista precisa estar atento para evitar esses incidentes. Para ampliar o engajamento entre a empresa e os motoristas, nós escolhemos a internet para lançar a campanha, pois dessa maneira conseguimos alcançar todas as cidades da nossa região”, explica Uhmann.
A ação abrange cidades como Uruguaiana, Barra do Quaraí, Itaqui, São Borja, Quaraí, Alegrete, Manoel Viana, Rosário do Sul, São Gabriel e Santana do Livramento. 
FONTE: Rodomann Guerra 
Compartilhe no Google Plus
    Blogger Comment
    Facebook Comment

0 comentários:

Postar um comentário