​ANTT autoriza reajuste das tarifas de pedágio da BR-101/BA/ES

A ANTT (Agência Nacional de Transportes Terrestres) autorizou o reajuste das tarifas de pedágio no trecho da BR-101/BA/ES, que vai do entroncamento com a BA-698 (acesso a Mucuri/BA), até a divisa do Espírito Santo com o Rio de Janeiro, administrado pela ECO 101.
A tarifa, para a categoria 1, passa de R$ 3,40 para R$ 3,60 na praça de pedágio de Pedro Canário (ES); de R$ 4,50 para R$ 4,80 em São Mateus (ES); de R$ 4,20 para R$ 4,50 em Aracruz (ES); de R$ 4,10 para R$ 4,30 em Serra (ES); de R$ 4,20 para R$ 4,50 em Guarapari (ES); de R$ 3,50 para R$ 3,80 em Itapemirim (ES); e de R$ 1,90 para R$ 2,10 em Mimoso do Sul (ES).
O objetivo da revisão tarifária, prevista em lei, consiste em manter o equilíbrio econômico-financeiro do contrato. A alteração foi calculada a partir da combinação de quatro itens previstos em contrato: reajuste, revisão, arredondamento e desconto de reequilíbrio.
Com 475,9 quilômetros de extensão, a BR-101/BA/ES foi concedida para a iniciativa privada com o objetivo de exploração da infraestrutura, em 17 de abril de 2013, pelo período de 25 anos. A licitação fez parte da terceira etapa do programa de concessões rodoviárias. 
FONTE: CNT 
Compartilhe no Google Plus
    Blogger Comment
    Facebook Comment

0 comentários:

Postar um comentário