Semana pode terminar com greve de caminhoneiros

Está prevista para acontecer nessa sexta-feira (11) a primeira paralisação nacional dos caminhoneiros em 2016. A convocação foi feita pelo Comando Nacional do Transporte, liderado por Ivar Luiz Schmidt.
Através da página do Comando Nacional do Transporte em uma rede social, os caminhoneiros estão sendo convocados e informados por meios de publicações, vídeos e fotos. Em uma delas destaca-se a chamada para a greve: "Quem transporta o Brasil, também pode para-lo". 
Já em outra publicação, as reivindicações da primeira paralisação de 2016 são listados, destaca-se: 

- Redução do óleo diesel em 40%;
- Aposentadoria para motorista com 25 anos de trabalho;
-Criação da JUSTIÇA DO TRANSPORTE para fazer cumprir TODAS as leis que nos beneficiam, impondo sanções para o descumprimento, ex: Lei da estadia e do Vale pedágio não existe MULTA para quem não paga;
- Piso salarial nacional para empregados;
- Criar condições iguais entre autônomos e empresas; Ex: Em alguns estados as empresas se negam a carregar autônomos, caso de 80% das empresas do MT, possibilidade do autônomo fornecer nota fiscal e fazer seguro de carga avulso;
- Valorizar e pulverizar a PRF, abrindo novos postos para aumentar a segurança nas rodovias;
- Apoiamos a aplicação da lei da jornada de trabalho para TODOS, pelo menos por seis meses, acreditamos que devemos tentar, e essa pode ser a forma de fazer os fretes valorizarem;


Algumas dessas reivindicações já vêm de paralisações anteriores, onde algumas foram atendidas parcialmente pelo governo, mas outras completamente esquecidas. 
Também nas redes sociais mostraram apoio a paralisação, já outros discordaram. A confirmação e exito da paralisação só será dada na sexta-feira. 
Acompanhe aqui no Blog Caminhões e Carretas a cobertura completa da paralisação dos caminhoneiros. Com informação sobre bloqueios, protestos e desfecho. 

TEXTO: Lucas Duarte 
Compartilhe no Google Plus
    Blogger Comment
    Facebook Comment

0 comentários:

Postar um comentário