PACCAR atinge recorde anual de receitas e lucros

“Em 2015, a PACCAR relatou receitas anuais recordes de US$19,12 bilhões e registrou receita líquida de US$1,60 bilhão, que corresponde a 8,4% de retorno sobre as receitas, após desconto de impostos. A PACCAR atingiu seu 77º ano consecutivo de lucro líquido”, disse Ron Armstrong, CEO. “Os resultados financeiros da PACCAR refletem os produtos e serviços de qualidade superior da empresa, e o aumento das entregas de caminhões na América do Norte e Europa, complementado pelas excelentes receitas de peças pós-venda e da PACCAR Financial Services. Temos a satisfação de termos atingido receitas anuais recordes e renda líquida recorde ao celebrarmos 110 anos. Estou muito orgulhoso de nossos 23.000 colaboradores que propiciaram um desempenho excepcional para os nossos acionistas e clientes”.
Os clientes norte-americanos e europeus da PACCAR estão se beneficiando do bom crescimento econômico, forte tonelagem de frete, preços de combustíveis mais baixos, e a eficiência operacional superior dos caminhões líderes da Kenworth, Peterbilt e DAF. Em 2015, as vendas no varejo da indústria de caminhões Classe 8 nos EUA e Canadá, no total de 278.000 veículos, foram as maiores desde 2006. O registro de 269.000 veículos acima de 16 toneladas na Europa, obtido em 2015, foi o maior desde 2008.
Os excelentes lucros e o forte fluxo de caixa permitem que a empresa invista no crescimento futuro de seus mercados essenciais, ao mesmo tempo em que está expandindo sua presença nos mercados emergentes. “A PACCAR está bem posicionada para crescer em longo prazo, fazendo investimentos em novos veículos de última geração das marcas DAF, Kenworth e Peterbilt. Ela também está investindo em motores inovadores da marca PACCAR, na expansão geográfica, nas peças de reposição pós-vendas e na capacidade de serviços, fazendo melhorias nas fábricas, e investindo em tecnologias que aumentam a eficiência de combustível e a confiabilidade dos caminhões”, acrescentou Armstrong. “O patrimônio líquido dos acionistas obteve um recorde no final do ano, chegando a US$6,94 bilhões em 31 de dezembro de 2015”.
Receitas e lucro líquido recordes
A PACCAR atingiu receitas recordes de US$19,12 bilhões em 2015, em comparação com as receitas de US$18,99 bilhões em 2014. A PACCAR reportou receita líquida recorde de US$1,60 bilhão (US$4,51 por ação diluída) em 2015, o que representa um aumento de 18% em comparação com US$1,36 bilhão (US$3,82 por ação diluída) obtido no ano passado. As receitas de vendas líquidas e serviços financeiros do quarto trimestre de 2015 foram de US$4,36 bilhões, em comparação com os US$5,12 bilhões para o mesmo período em 2014. A PACCAR ganhou US$347,2 milhões (US$0,98 por ação diluída) no quarto trimestre de 2015, em comparação com US$394,3 milhões (US$1,11 por ação diluída) no quarto trimestre de 2014, o que reflete menores entregas de caminhões na América do Norte, que foram parcialmente compensadas pelo aumento das entregas na Europa.

Aumento de dividendos e recompras de ações
A PACCAR declarou dividendos em dinheiro de US$2,32 por ação no decorrer de 2015, incluindo um dividendo especial de US$1,40 por ação. O total de dividendos foi o mais alto da história da empresa. O dividendo trimestral regular teve um aumento de 9% em setembro de 2015. O total de dividendos por ação aumentou 25%, em comparação com o ano anterior. O total de dividendos de 2015 da PACCAR resultou em lucro superior a 4%, que está entre 100 maiores empresas na lista da S&P500. A PACCAR tem pagado dividendos todos os anos, desde 1941.
A PACCAR recomprou 3,85 milhões de suas ações ordinárias por US$201,6 milhões em 2015. Mediante a atual resolução do Conselho de Diretoria autorizando US$300 milhões de recompra de ações, a PACCAR recomprou 2,72 milhões de ações por US$136,3 milhões. “Os excelentes lucros líquidos e o forte fluxo de caixa da PACCAR tornam as ações da empresa um investimento atraente de longo prazo. O programa de recompra de ações reflete a confiança do Conselho no crescimento bem sucedido dos negócios globais da PACCAR”, disse Bob Christensen, Presidente e CFO da PACCAR.

Destaques comerciais - 2015
• A PACCAR entregou 154.000 veículos no mundo todo.
• A DAF entregou seu milionésimo caminhão.
• A PACCAR anunciou o lançamento do motor PACCAR MX-11 na América do Norte.
• A fábrica de motores de Mississippi da PACCAR produziu seu 100.000º motor PACCAR MX-13.
• A fábrica de caminhões de Leyland da DAF produziu seu 400.000º caminhão.
• A fábrica de Denton da Peterbilt comemorou seus 35 anos.
• A PACCAR foi reconhecida como líder de tecnologia entre as “100 Empresas de Elite de 2015” da revista Information Week.
• A PACCAR investiu US$548,2 milhões em projetos de capital e pesquisa e desenvolvimento.
• A PACCAR Leasing comemorou 35 anos e iniciou suas operações na Austrália.
• A PACCAR lançou os sistemas conectados de caminhão Kenworth TruckTech+ e Peterbilt SmartLinq.
• A PACCAR implementou mais de 30.000 projetos Seis Sigma desde 1997.

Destaques financeiros – Quarto trimestre de 2015
Os destaques dos resultados financeiros da PACCAR durante o quarto trimestre de 2015 incluem:
• Vendas líquidas e receitas trimestrais consolidadas de US$4,36 bilhões.
• Receita Líquida de US$347,2 milhões.
• Caixa fornecido pelas operações, no montante de US$704,8 milhões.
• Renda da Financial Services de US$89,9 milhões, antes do pagamento de impostos.
• Despesas com pesquisa e desenvolvimento no valor de US$66,7 milhões.
• Investimentos de capital no valor de US$127,3 milhões.
• Caixa de produção e títulos negociáveis de US$3,38 bilhões, em 31 de dezembro de 2015.

Destaques financeiros – Ano completo de 2015
Os destaques dos resultados financeiros da PACCAR no decorrer de 2015 incluem:
• Recorde de vendas e receitas líquidas consolidadas de US$19,12 bilhões.
• Recorde de receita líquida de US$1,60 bilhão, um retorno de 8,4% sobre receitas após impostos.
• Recorde de Patrimônio líquido dos acionistas no final do ano de US$6,94 bilhões.
• Recorde de receitas antes dos impostos da PACCAR Parts de US$555,6 milhões.
• Recorde de dividendos declarados de US$819,8 milhões.
• Receita antes dos impostos da Financial Services de US$362,6 milhões, em ativos de US$12,25 bilhões.
• Emissões de Títulos de Médio Prazo (MTN) no valor de US$1,92 bilhão.
• Recorde de caixa fornecido pelas operações de US$2,56 bilhões.

Mercados globais de caminhões
“As vendas no varejo da indústria de caminhões Classe 8 nos EUA e Canadá foram de 278.000 unidades em 2015, em comparação com os 250.000 veículos vendidos em 2014”, disse Gary Moore, Vice-Presidente Executivo da PACCAR.
“A demanda de caminhões está sendo impulsionada pelo bom crescimento econômico, forte tonelagem de frete e baixos preços de combustível. Em 2015, a PACCAR atingiu uma participação de 27,4% no mercado da Classe 8 nos EUA e Canadá, pois os clientes se beneficiaram da excelente eficiência de combustível e da excepcional performance dos veículos da Kenworth e Peterbilt. As estimativas de vendas do varejo da indústria de caminhões Classe 8 para os EUA e Canadá são de que 2016 será mais um ótimo ano, com vendas na faixa de 230.000 – 260.000 unidades, impulsionadas pelo contínuo crescimento econômico e pelo cliente estar focado em atingir eficiência operacional melhorada, através dos novos caminhões da Peterbilt e Kenworth”, acrescentou Moore.
A DAF tem sido líder de mercado no Reino Unido por 20 anos consecutivos. “Nossos clientes reconhecem a liderança de qualidade, baixos custos operacionais e conforto superior para o condutor do caminhão da DAF”, disse Harrie Schippers, Presidente da DAF. “As vendas da indústria de caminhões acima de 16 toneladas na Europa foram de 269.000 unidades em 2015, e a participação de mercado da DAF aumentou para 14,6%, em comparação com 13,8% no ano passado. Estima-se que as vendas da indústria de caminhões da Europa, no segmento de mercado acima de 16 toneladas, em 2016 estará na faixa de 260.000-290.000 veículos”.
A DAF Brasil aumentou a produção, participação de mercado e a carteira de encomendas, e começou a montagem local do versátil motor PACCAR MX-13 e do DAF Série CF. “A DAF Brasil teve um bom ano frente aos resultados do mercado brasileiro de pesados. Com a bem sucedida Fenatran, em novembro, maior feira de caminhões do país, conseguimos aumentar o número de novos pedidos, que serão entregues durante este semestre”, disse Marco Davila, Vice-Presidente da PACCAR.
FONTE: DAF 
Compartilhe no Google Plus
    Blogger Comment
    Facebook Comment

0 comentários:

Postar um comentário