MAN Latin America vende extrapesados para transporte de cimento na Bolívia

A MAN Latin America entregou dois caminhões MAN TGS 8x4 para a Soboce, empresa produtora e distribuidora de cimento sediada em La Paz, na Bolívia. Os modelos transportam pedras em minas para fabricação de cimento e têm capacidade para carregar até 50 toneladas.
“A Bolívia é um de nossos principais mercados na América Latina, temos toda a estrutura de treinamento e pós-vendas. Por essa razão, mesmo se tratando de modelo produzido na Alemanha, caso do TGS, toda a negociação foi conduzida no Brasil”, explica Luciano Cafure gerente executivo de Vendas & Marketing – Mercados Internacionais.
Javier Recacoechea, gerente da Hansa, concessionária e importadora oficial da MAN Latin America naquele país, conta que os extrapesados MAN TGS 8x4 destacaram-se pela robustez e pela estrutura de atendimento. “A Soboce conhece a qualidade dos caminhões e ônibus Volkswagen, que já rodam em sua frota e têm contratos de manutenção ativos. Tudo isso contou pontos na negociação”, comenta Recacoechea.
Representantes do time brasileiro de pós-vendas da MAN Latin America viajaram à Bolívia para acompanhar o treinamento de vinte motoristas da Soboce, que constataram a segurança e o conforto dos modelos recém-chegados à frota. “Nosso objetivo é expandir o conceito sob medida para toda a América Latina, com produtos e serviços desenhados para as mais diversas operações. E mais do que isso, junto com treinamento e suporte para que o cliente usufrua o melhor possível dos veículos”, comenta Leandro Rechi supervisor de Pós-Vendas da MAN Latin America.

Atuação na Bolívia
A MAN Latin America está presente na Bolívia desde 1981 e já embarcou mais de 6.600 veículos desde então. Em seu portfólio de produtos exportados estão as linhas Worker, Constellation, Volksbus e MAN.  Dentre as principais aplicações dos caminhões e ônibus VW no país estão os segmentos de construção, bebidas, bombeiros, cargas gerais e ônibus urbano e fretamento.
Compartilhe no Google Plus
    Blogger Comment
    Facebook Comment

0 comentários:

Postar um comentário