Caminhoneiros fazem exames toxicológicos em blitz no Anel Rodoviário

Uma blitz educativa com exames toxicológicos foi realizada no Anel Rodoviário, na altura do bairro Buritis, na região Oeste de Belo Horizonte, nesta segunda-feira (22). Na ação, 43 motoristas de caminhão fizeram voluntariamente o teste. A partir do dia 2 de março, o teste passa ser obrigatório para todos os profissionais de transportes de carga e transporte coletivo.
Segundo o presidente da Federação das Empresas de Transportes de Carga do Estado de Minas Gerais (Fetcemg), Vander Francisco Costa, a intenção é informar aos motoristas a importância de não usar drogas.
“Queremos detectar o percentual de motoristas que usam rebite e outras drogas. Vamos identificar os problemas e propor soluções como, por exemplo, atendimento psicológico para quem precisa. Os caminhoneiros não precisam de drogas. Eles devem entender isso”, disse o presidente.
O resultado dos exames, que podem ser feitos por fios do cabelo ou pelos do corpo, sai em cinco dias úteis. Aqueles condutores que se identificaram vão receber o laudo em casa.
O teste é capaz de detectar o uso constante de drogas como maconha, cocaína, anfetaminas e metanfetaminas, com visão retroativa mínima de 90 dias. A blitz acontece também nesta terça-feira (23), das 13h às 16h, no KM 24 do Anel, próximo à subestação da Cemig.
FONTE: O Tempo 
Compartilhe no Google Plus
    Blogger Comment
    Facebook Comment

0 comentários:

Postar um comentário